Vamos falar sobre alguns dos benefícios desse alimento tão nutritivo e que pode ser tornar muito gostoso, o cacau, poderoso ingrediente do nosso tão querido chocolate! Entre suas qualidades podemos destacar que ele ajuda na saúde do coração e circulação sanguínea, melhora o humor, combate a fadiga, auxilia a reduzir o colesterol, é bom para a memória e combate a depressão.

cacau é originário do México e seu nome científico é Theobroma cacao. A palavra “Theobroma” vem do grego e significa “alimento dos deuses” (não sei para vocês, mas para mim, faz total sentido).

Do fruto do cacaueiro se extraem sementes, que após sofrerem fermentação transformam-se em amêndoas que darão origem a diversos produtos. O chocolate é feito das sementes do cacau, as quais são assadas e moídas. A manteiga de cacau é feita da gordura dessas sementes, que apesar de saturada é protetora do coração. O chocolate é atualmente um dos alimentos mais consumidos no Brasil e no mundo.

chocolate que conhecemos no mercado é obtido pela fermentação espontânea das sementes, sem a polpa branca. Depois, as mesmas são secas e posteriormente torradas. O liquido espesso extraído dessas sementes é o licor de cacau (onde se encontram os flavonóides). A ele são incorporados açúcar, leite e gordura vegetal para obter-se o chocolate ao leite. No chocolate amargo o conteúdo de cacau é maior. Nesse tipo de chocolate encontramos substâncias que melhoram a atenção, diminuem a depressão, e causam sensação de bem estar, devido ao aumento da serotonina , dopamina e noradrenalina, promovido pela  feniletilamina.

O cacau é rico em proantocianidinas, substâncias antioxidantes cardioprotetoras, devido a sua capacidade de reduzir a oxidação do colesterol LDL. Esses potentes antioxidantes neutralizam os radicais livres envolvidos em diversas doenças crônico-degenerativas, como o câncer e outras causadas pelo envelhecimento. Os flavonóides do cacau também podem aumentar a síntese de óxido nítrico pelos vasos sanguíneos, aumentando o fluxo sanguíneo em áreas importantes do cérebro, sendo importante para o tratamento de perdas vasculares associadas com a idade incluindo demência e AVC. Os polifenóis encontrados no chocolate estimulam a circulação cerebral, sendo ótimo para o aprendizado e memória. Quanto mais amargo for o chocolate, maior o teor de cacau e portanto maior quantidade de flavonóides.

As sementes de cacau apresentam elevado teor de polifenóis, entre 15 a 20% de seu peso seco, considerado um valor alto em comparação a outros vegetais.

O cacau tem teobromina e metilxantina, substâncias que podem atuar como diuréticas e estimulantes (efeito parecido com a cafeína). Mas elas também relaxam o esfincter do estômago, permitindo o refluxo gástrico para o esôfago, portanto o chocolate deve ser evitado por pessoas com azia e refluxo.

Como toda a fruta, o cacau tem frutose, enzimas (amilase e lipase), vitaminas (betacaroteno, vitamina B1, B3, E e C), minerais (cálcio, zinco, selênio, potássio, cobre, manganês, ferro e magnésio) e aminoácidos (alanina, leucina, lisina, arginina e triptofano). Ele também é fonte de ácidos graxos, entre eles o ácido oléico, ácido esteárico e ácido palmítico. Sendo considerado um alimento energético.

O chocolate branco nada mais é do que manteiga de cacau, açúcar e leite. A indústria ainda acrescenta gordura vegetal hidrogenada, emulsificantes, lecitina de soja, etc. Comprometendo totalmente o seu valor nutricional.

O cacau possui uma substância chamada anandamida, que atua em áreas que regulam funções como a dor, humor, memória e controle de apetite. Ela é uma endorfina produzida também pelo nosso corpo em situações de extrema felicidade e após os exercícios físicos.

As maiores concentrações de flavonóides estão presentes em chocolates acima de 70% cacau. Os flavonóides tem ação antioxidante, anti-inflamatória e protetora cardiovascular. A ação antioxidante pode resultar em redução de radicais livres e outros agentes oxidantes. Além disso, o cacau pode ter ação benéfica na prevenção da formação de placa de ateroma. Estudos mostram associação significativa entre o consumo moderado de cacau e redução de inflamação, assim como redução da hipertensão arterial.

Todos os benefícios do cacau são resultantes dos compostos biativos nele presentes, sendo o chocolate um alimento que contém cacau em sua composição. Mas é importante ressaltar que o conteúdo de cacau nos diferentes tipos de chocolate varia muito, assim como a concentração de polifenóis presentes em diferentes tipos de cacau.

O alto consumo de chocolate ao leite pode trazer mais efeitos negativos do que positivos, devido a presença de outros macronutrientes como a gordura saturada adicionada e o açúcar. Por isso a recomendação é consumir sempre produtos contendo alta concentração de cacau, acima de 70%, e cuidado com a quantidade, no máximo 30g ao dia.

Para ajudar a incorporar o cacau no dia a dia, deixo aqui uma receita bem energética:

Receita:

Vitamina energética

Ingredientes:

– 1 banana

– 2 amêndoas

– 1 colher de sopa de cacau em pó

– 200ml de água

Preparo: bata tudo no liquidificador e sirva.

Fontes: Corona, Jane. Faz bem pra quê, 2016. Chaves, Daniela. Compostos Bioativos dos alimentos, 2015. Dolinsky, Manuela. Nutrição Funcional, 2009.

 


0 thoughts on “OS BENEFÍCIOS DO CACAU”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Related Posts

Alimentos

QUINOA

A quinoa é uma ótima fonte de proteína, carboidrato de baixo índice glicêmico, gordura saudável, vitaminas e minerais. Esse grão ainda tem outra qualidade: seus aminoácidos são combinados na medida certa para atender ás necessidades Read more...

Alimentos

ABACATE

O abacate durante muito tempo foi visto como um vilão. Teve a fama de engordar e aumentar o colesterol. Mas a verdade é que ele um grande aliado à saúde: protege o coração, ajuda a Read more...

Alimentos

LINHAÇA

Hoje vou escrever um pouco sobre uma semente já muito conhecida e que é realmente uma grande aliada para nossa saúde e beleza. A linhaça tem uma quantidade enorme de substâncias funcionais, aquelas que ultrapassam Read more...

Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial